Política de Cookies TICNOLOGIA - Directiva Europeia - EU e-Privacy Directive

Este website utiliza cookies na gestão de autenticações, navegação e outras funcionalidades que lhe disponibilizam uma melhor experiêcncia de utilização. Ao utilizar o nosso website, você aceita que nós coloquemos este tipo de cookies no seu dispositivo.

Visualizar toda a documentação sobre o e-Privacy Directive

Home Notícias Tecnologia da Indra permite consulta via internet da qualidade do ar através de mapas 3D


indra_maps3DO projecto de I+D permite melhorar a qualidade de vida de pessoas com problemas cardiovasculares ou respiratórios e ajudará a estabelecer políticas ambientais mais eficazes. A iniciativa integra-se no projecto Espanha Virtual, financiado pelo CDTI, no qual a Indra desenvolve trabalhos no valor de 3M€.

 

 

 

A Indra, uma das principais multinacionais de TI da Europa, está a trabalhar no desenvolvimento de uma aplicação que permitirá aos cidadãos consultar através da Internet, num cenário 3D, a qualidade do ar de cada bairro de uma cidade. Este grau de detalhe, somado à possibilidade de aceder a esta informação online, visualizá-la em 3D e consultar as previsões de evolução para os próximos dias, faz com que esta seja uma solução completamente inovadora.

O objectivo final deste projecto de I+D é dispor em 2011 do primeiro protótipo experimental para testa-lo na Internet, estudar o seu funcionamento e a utilização que os cidadãos lhe darão. A partir dos resultados obtidos, a Indra vai trabalhar no desenvolvimento de novas soluções deste tipo e na sua comercialização.

A iniciativa está integrada no projecto Espanha Virtual, financiado pelo CDTI (Centro de Desenvolvimento Tecnológico Industrial), dentro do programa Ingenio 2010, promovido por um consórcio de empresas, universidades e centros de investigação, liderados pela Deimos Space. A Indra é responsável por este e por mais outros três projectos que no total somam um financiamento de 3M€.

Os mapas 3D da qualidade do ar mostram dados sobre os níveis de ozono, dióxido de nitrogénio e dióxido de enxofre entre outros parâmetros. Estas substâncias podem afectar grupos da população mais sensíveis, como crianças e idosos e em especial pessoas com doenças cardiovasculares ou respiratórias.

Também apoiará a tomada de decisões das autoridades na hora de estabelecer políticas ambientais eficazes, já que incluirá dados precisos sobre as substâncias suspensas no ar, as áreas com maior risco de contaminação, possíveis causas e evolução dos parâmetros analisados com base nas previsões meteorológicas, nebulosidade, etc. Por outro lado, a Indra colabora com o grupo de Modelos de Software para o Meio Ambiente, da Faculdade de Informática da Universidade Politécnica com o objectivo de detectar outros possíveis serviços relacionados com a análise do ar e os seus efeitos na saúde pública.

Tecnologia no sector espacial 

Para abordar o desenvolvimento tecnológico deste primeiro protótipo, a Indra está a aplicar os seus conhecimentos e experiência enquanto empresa líder no sector espacial em Espanha. O desenho da solução requer o uso de técnicas de teledetecção remota, tratamento e processamento de imagens por satélite.

Estas imagens são intercaladas com outras tiradas do ar através de outros meios. Usando diferentes algoritmos e cálculos, é atribuída a cada zona os valores precisos da qualidade do ar, recolhidos pela rede de estações que estão distribuídas pela cidade. Foram utilizados alguns modelos de estimativa baseados no CMAQ (modelo multi-escala de qualidade do ar), melhorados com o intuito de elevar significativamente o nível de detalhe.

Para além do desenvolvimento desta aplicação, a Indra também trabalha para o aperfeiçoamento de novas técnicas de armazenamento de dados 3D, o que facilitará o uso deste tipo de aplicações na Internet. Encontra-se ainda envolvida na definição de protocolos para poder utilizar estas ferramentas e está a estabelecer fluxos de trabalho para a produção cartográfica e de informação geográfica em geral.

O projecto Espanha Virtual trabalha para o desenvolvimento de tecnologias dirigidas ao avanço na definição da arquitectura, protocolos e padrões da futura Internet 3D. O consórcio, liderado pela Deimos Space, conta com a participação da Indra Espacio, do Centro Nacional de Informação Geográfica (IGN/CNIG), da Grid Systems, GeoVirtual, Androme Ibérica, GeoSpatiumLab, DNX e ainda de alguns prestigiados centros de investigação e universidades.

Infografia_Mapa_Calidad_del_Aire_003bb

 

Online

Temos 88 visitantes em linha